Parque Una PelotasUrbanismo

Parque Una Pelotas: um novo olhar sobre a vida na cidade

Conhece o case de sucesso Parque Una Pelotas? Descubra como um bairro vai além de um empreendimento imobiliário e se torna um espaço de convivência

Um dos sentimentos mais ricos que uma comunidade pode vivenciar é o do pertencimento. Mas o que é preciso para uma cidade nutrir essa ligação com a comunidade? Quais aspectos as pessoas sentem falta no cotidiano? O que os mais velhos gostariam de aproveitar e como se reunir com a família?

O que os jovens querem? Mais ciclovias, pontos de encontro, lugares para praticar esportes e se reunir com os amigos? E as crianças? Não podemos esquecer delas. O que é capaz de fazer os olhos dos pequenos brilharem quando estão ao ar livre?

Soltas ao vento, perguntas como essas podem parecer sem sentido. Mas não quando quem as escuta está interessado em criar experiências que preencham essas lacunas.

Da audição atenta aos anseios da população e ao que os cidadãos gostariam de desfrutar na cidade nasceu o Parque Una Pelotas: um lugar feito para as pessoas.

Parque Una Pelotas: um bairro cheio de significado

A viabilização do Parque Una Pelotas não foi concebida com o foco em criar só mais um conjunto promissor de empreendimentos imobiliários. A Idealiza Urbanismo, responsável pelo projeto urbanístico, queria ir além dos métodos convencionais de planejamento urbano.

Conhecida como a Cidade do Doce, famosa por sua rica culinária doceira, a Princesa do Sul também chama a atenção pela riqueza cultural e arquitetônica de seus casarões, orgulhosamente conservados.

Mas ao olhar para o futuro, de que outro jeito a cidade gaúcha poderia construir novas experiências no imaginário coletivo? Pelotas almeja e merece ainda mais. 

Dessa percepção identificou-se a importância em trazer para a cidade um novo olhar sobre como os pelotenses podem se apropriar do espaço urbano

Estava mais do que na hora de Pelotas ter um bairro que aproximasse lares de oportunidades de trabalho, sem deixar de fora espaços agradáveis para descansar ou bater um papo com os amigos.

No Parque Una Pelotas sempre é dia de aproveitar bons momentos


Claro que tirar do papel um projeto inovador, até então sem precedentes no Rio Grande do Sul, era uma tarefa árdua e o objetivo nobre: conseguir promover qualidade de vida e ressignificar a forma como as pessoas moram, trabalham e desfrutam de espaços de lazer.

Mas para atingir esse ideal era preciso reunir as referências certas. Uma delas foi a do Placemaking, que em tradução livre significa a construção de lugares. O conceito surgiu nos anos 1980, nos Estados Unidos, e caracteriza uma abordagem centrada na construção e transformação de espaços públicos para atender às necessidades dos habitantes.

Por esta razão, o Parque Una Pelotas não foi concebido somente com base nos métodos regulamentares de loteamentos. O bairro foi criado para fortalecer vínculos de convivência plural entre diferentes públicos. Um lugar onde adultos, crianças, jovens e idosos sintam-se à vontade para viver plenamente e em harmonia com o espaço urbano

Referências no desenvolvimento da escala humana

A competição por espaço contra carros e trânsito pesado é algo distante no Una

Para realizar um trabalho consistente no atendimento às expectativas da comunidade, antes era preciso ouvi-la. Foi aqui que a abordagem Placemaking, ajudou a Idealiza Urbanismo a envolver os cidadãos na construção de uma Pelotas melhor. 

Sob a inspiração da campanha municipal A Guide to Neighborhood Placemaking in Chicago  — um case de Placemaking reconhecido internacionalmente  —  a Idealiza realizou, em parceria com a Prefeitura, o evento público de cocriação Pelotas Como Eu Quero

A iniciativa reuniu aproximadamente 500 cidadãos e revelou o desenho do que as pessoas esperavam da cidade. Soluções de mobilidade urbana, espaços de incentivo à economia criativa, à cultura e ao lazer estiveram em alta entre as tendências e anseios populares levantados no encontro.

Ciclovias, pistas de caminhada, ruas seguras e oportunidades de negócios também ocuparam destaque nos debates em prol de uma Pelotas mais moderna e inovadora.

Mas não foi somente o exemplo de Chicago que serviu para impulsionar a centelha de construir aqui um bairro humanizado. Outro movimento, ainda mais amplo no cenário das cidades do futuro, foi a principal inspiração a dar vida ao Parque Una.

Estamos nos referindo ao Novo Urbanismo, um movimento originado nos Estados Unidos na década de 1980, cujas contribuições permanecem mais úteis e atuais do que nunca.

Novo Urbanismo inspira senso de vizinhança no Una

Apesar da corrente do Novo Urbanismo ter ganho força em solo norte-americano nos anos 80, a reflexão sobre a importância do planejamento urbano com menos carros e mais espaço para pessoas foi problematizada antes, em meados de 1960, pelo arquiteto dinamarquês Jan Gehl.

Segundo Gehl, a escala humana dos pedestres, e como eles se movem nas cidades, é o ponto central a ser considerado por arquitetos e urbanistas ao planejarem novos bairros.

Graças à visão crítica do arquiteto dinamarquês e do Novo Urbanismo, vários países identificaram a relevância de pensar em alternativas ao modelo convencional de disposição de prédios e ruas que colocam as oportunidades de convivência em segundo plano.

Sob essa inspiração, a Idealiza Urbanismo projetou o Parque Una Pelotas como um bairro que nasce em torno de um parque

Em pouco tempo, o Una se tornou um dos pontos de encontro preferidos da cidade

Se interessou sobre como construir cidades para as pessoas? Recomendamos que leia também este outro artigo que aborda mais detalhes sobre como as perspectivas de Gehl e o Novo Urbanismo ajudaram a guiar a viabilização do bairro planejado em Pelotas:

Novo Urbanismo resgata a escala humana

Mais vivências agradáveis, menos estresse

O Una não leva apenas a palavra parque no nome: realmente proporciona essa vivência

Quando se propôs a construir o bairro planejado, a Idealiza desejava fomentar experiências únicas, trazer leveza aos momentos em família, garantir que um passeio de bicicleta seja algo prazeroso e com a segurança de quem pode deixar para trás a concorrência desleal diante da ocupação dos carros.

Sob essa concepção, as ruas do Parque Una foram construídas de forma a impedir que o trânsito tire o protagonismo de pedestres e ciclistas. Ao invés de reduzir as calçadas, foram as ruas que perderam largura. 

Além de impedir o alastramento do trânsito pesado, a medida ajuda a educar os motoristas a respeitarem a vizinhança.

Tudo pensado para que moradores e visitantes tenham espaço para andar livremente e desfrutar dos caminhos através do bairro, em concordância com os fundamentos do Novo Urbanismo.

Una: um bairro planejado e aberto ao público

Quem vai ao Parque Una Pelotas pela primeira vez pode ter a impressão de estar em um condomínio. Mas ele não é. Até então, poucas áreas na cidade foram projetadas para que as pessoas pudessem circular com tanta facilidade.

Por esse motivo, é comum a comparação do bairro planejado com um empreendimento fechado. Basta uma breve olhada ao redor para ver o cuidado com as áreas verdes, o zelo na conservação de cada espaço e a manutenção do mobiliário urbano se tornarem evidentes.

A explicação é simples: mais do que garantir um conjunto de empreendimentos imobiliários de alto valor no mercado, a ideia foi conceber uma nova forma de morar, trabalhar e aproveitar cada momento. Este foi o DNA do embrião que deu vida ao Parque Una Pelotas.

Sem portarias na entrada ou limitação de visitantes e ainda assim com um espaço ricamente conservado. No Una, a infraestrutura é totalmente aberta à comunidade; totalmente democrática e plural.

A ideia da conservação de um bairro público encontrou um exemplo positivo no empreendimento catarinense chamado Cidade de Pedra Branca, em Palhoça/SC, cujo expertise demonstrou como a criação de associações de bairros é a saída para cuidar de áreas públicas com o zelo merecido.

Associação Parque Una Pelotas mantém a conservação de todas as áreas de uso comum

Como já era esperado, a resposta da população não poderia ser outra. Não é à toa que o Una se transformou  em um dos locais de encontro preferidos dos pelotenses e um ponto turístico frequentado por pessoas de várias regiões da cidade.

A tríade perfeita para um bairro completo

Como você já deve ter percebido, o Parque Una Pelotas seria diferente de tudo que os pelotenses já haviam visto na cidade. Primeiro porque viabilizar a construção da maior quantidade de prédios na mesma área jamais foi o ponto central desse projeto urbanístico. 

Algo que contrasta com os modelos de urbanização e empreendimentos convencionais e que, frequentemente, preparam as cidades para serem futuras selvas de pedra feitas para os carros e não as pessoas. 

Em primeiro lugar as pessoas, depois as bicicletas, depois o transporte público e, em último, os carros. E não uma briga entre todas essas coisas”, explica Fabiano de Marco, sócio da Idealiza Urbanismo e da Idealiza Verticais.

Outra característica importante que não podemos deixar de ressaltar na visão de bairro humanizado é a integração harmônica entre empreendimentos residenciais, prédios comerciais e espaços de lazer sustentáveis

Ou seja, os imóveis no Parque Una formam um conjunto capaz de transformar o endereço de trabalho em um local estimulante e ao mesmo tempo ser um convite às melhores lembranças do dia a dia. 

Um lugar para chamar de lar

Cada dia se torna um novo convite memorável para a comunidade pelotense

Qual outro aspecto do Parque Una Pelotas comprova que o bairro não se trata de empreendimento comum? O fato de ser uma vizinhança na qual as pessoas queiram viver com qualidade e criar seus filhos

Para atingir esse objetivo, a Idealiza procurou também referências de empreendimentos de sucesso nesse quesito em várias regiões do Brasil e também em outros países. 

O resultado obtido foi a viabilização de prédios residenciais com características que reúnem o melhor da cultura uruguaia, como o Residencial ¡Hola!, ou o design escandinavo como o empregado nos apartamentos do Flow Live, por exemplo. 

A busca por diferenciais marcantes levou à construção de prédios feitos para serem aconchegantes em qualquer estação do ano, e sinônimo de sossego, mesmo no coração da cidade. 

Veja um pouco do sentimento de se mudar para o Una neste vídeo:

As  diversas faces dos lares de quem decide morar no Una incluem ainda a possibilidade de viver no prédio mais alto de Pelotas. Com 84 metros de altura e vista para o canal São Gonçalo, o Arroio Pelotas e a Lagoa dos Patos, estamos falando da Torre São Gonçalo. Confira mais sobre o projeto no vídeo abaixo:

Quer conhecer mais sobre cada projeto residencial? Separamos aqui a lista para você conferir cada detalhe!

Oportunidades de negócios e inspiração no mesmo lugar

No Parque Una Pelotas não são apenas os moradores que podem ver a cidade por ângulos privilegiados em suas janelas. Muitos profissionais também encontram no bairro a mesma oportunidade: a de se inspirar diariamente no trabalho com as mais belas paisagens pelotenses.

Isso porque o incentivo ao desenvolvimento econômico dentro do Parque também está contemplado com prédios pensados para fomentar oportunidades comerciais.

Desde as empresas criativas e inovadoras abrigadas no Una Makers, até escritórios que formam juntos um verdadeiro hub de negócios, como o Plex, a Torre Work do Flow, e o futuro Edifício Vanguarda, há espaço para todos que queiram trabalhar com qualidade de vida do Una.

Quer entender como o estímulo a novas conexões e um ambiente inspirador é fundamental para trazer novos significados para o trabalho? Assista o vídeo abaixo: 

Agora se você ficou curioso quanto às características exclusivas de cada prédio comercial, deixamos a seguir os links para você saber mais sobre os  empreendimentos que revolucionam a forma fazer negócios em Pelotas:

Palco de vivências únicas em Pelotas

Muito mais do que um case de sucesso de urbanismo e arquitetura, o Parque Una Pelotas é um bairro para estimular encontros. Um dos catalisadores desse ecossistema é a Casa Una, um espaço para a realização de eventos, atividades culturais e para desfrutar de boa gastronomia na companhia de outras pessoas.

E se vamos falar de espaços multiculturais não podemos deixar de mencionar o Lago. Nele, os decks e mirantes são um convite irresistível à contemplação e ao relaxamento. Um ótimo lugar para se reunir com amigos e passear nas horas livres, assim como o Anfiteatro.

Outro local que irá conceder a fluidez do projeto inovador do bairro planejado é a Rua Coberta. Com características de circulação de pedestres semelhantes às encontradas em Gramado, na Serra Gaúcha, o local foi pensado para garantir a dimensão e o paisagismo ideais para as pessoas caminharem entre as sete torres comerciais previstas no Una.

Esses, são entretanto, apenas alguns dos exemplos de opções de lazer, de negócios,  de esportes e cultura ao alcance de todos. Mais um exemplo neste sentido é o rooftop aberto à comunidade que será construído no Edifício Vanguarda (empreendimento lançado em junho de 2021 que será entregue em 2024).

Idealiza Urbanismo e Verticais transforma pioneirismo em legado

Idealiza comprova que empreendimentos dentro do Novo Urbanismo são possíveis

A resignificação dos espaços urbanos com o objetivo de deixar um legado para as gerações futuras foi o compromisso que a Idealiza assumiu com Pelotas. 

Esta é a justificativa para a busca intensa por referências que qualificassem ainda mais o desenvolvimento de cada projeto. O propósito da Idealiza Urbanismo e Verticais é ampliar os limites de planejamento de empreendimentos transformando- os em em experiências inigualáveis. 

Nós da Idealiza temos não só orgulho do que fizemos na última década, mas também muita motivação para continuarmos escrevendo os próximos 10 anos de urbanismo na cidade de Pelotas”, enfatiza Fabiano de Marco, sócio da Idealiza Urbanismo e da Idealiza Verticais.

Saiba mais sobre a Idealiza clicando neste link.

Além dos projetos em Pelotas, a Idealiza Urbanismo está construindo um empreendimento imobiliário em Macapá, no estado do Amapá. A expansão das atividades está centrada na construção de um home resort, o Palácio das Águas.

Quer conferir cada projeto e ficar por dentro dos principais lançamentos da Idealiza? Clique neste link para descobrir as previsões de entregas futuras.

Aproveite o melhor do Parque Una Pelotas

Um bairro completo e totalmente público para morar, trabalhar e aproveitar a vida

Com excelente localização, a 200 metros do Shopping Pelotas, 4km do Centro e a 8km da Praia do Laranjal, o Parque Una Pelotas se tornou uma referência com o maior potencial de valorização da cidade.

Se você se sentiu atraído pela sensação de viver ou trabalhar dentro de um Parque, saiba que você não viu esse chamado à toa. Você também pode viver essa experiência!
Para saber mais, preencha este formulário e teremos o maior prazer em entrar em contato.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *