Parque Una Pelotas

Una Makers é a nova casa da classe criativa de Pelotas

Na era pós-industrial, é importante para qualquer cidade criar um ambiente propício ao desenvolvimento da economia criativa.

Pelotas já abriga uma série de iniciativas inovadoras — a novidade é que, com o Una Makers, as empresas desse nicho agora têm um lugar especial para prosperar.

O empreendimento foi concluído no dia 10 de janeiro de 2020, e em 5 de fevereiro ocorreu a entrega oficial, em evento que contou com a presença dos empreendedores e seus colaboradores que estão instalando seus negócios no local, além de convidados.

O que é o Una Makers

O Una Makers é um prédio comercial com três andares. O empreendimento foi pensado para abrigar especialmente a classe criativa de Pelotas.

Ele fica dentro do Parque Una, um bairro planejado aberto desenvolvido pela Idealiza Urbanismo.

O projeto arquitetônico é de autoria da Ideia1 Arquitetura e foi inspirado no design industrial.

Além das oito salas que abrigam as empresas, há uma área comum com vista para o parque, que serve para abrigar eventos e confraternizações entre as companhias locadas no Una Makers.

Quem está no Una Makers?

Não sabe o que a tal indústria criativa faz?

A cada dia que passa, surgem novas especialidades nesse mercado, mas conhecendo as empresas que estão ocupando o Una Markers hoje você pode ter uma ideia melhor:

  • Atlas Technologies — startup que desenvolve softwares de alta performance
  • Cluster — empresa que incuba e acelera negócios pelas vertentes do trabalho humano e capital financeiro
  • DEx01 — empresa de design orientada para a inovação
  • e3mob — empresa que desenvolve plataformas de aprendizagem para treinamento de colaboradores
  • Indeorum — startup de data science (ciência de dados) focada na educação superior e gestão da produção científica
  • Nodo — agência de produtos digitais especializada em soluções web e mobile personalizadas de alta qualidade
  • Plateau — ecossistema de inovação e negócios, com atuação em estratégia, serviços, educação e treinamento, aceleração de startups e ações de impacto social.
  • Topway — franqueadora de escolas de inglês

Por que reunir a classe criativa no mesmo local?

A ideia de criar o Una Makers não foi motivada somente por uma percepção de oportunidade de mercado.

Começou quando os sócios da Idealiza conheceram iniciativas como o Centro de Inovação ACATE Primavera, em Florianópolis, e o Distrito Makers, em São Paulo.

Ficamos com a vontade de construir algo parecido, um ecossistema de startups, com compartilhamento de espaços e design industrial“, relembra Fabiano de Marco, sócio da Idealiza.

E por quê? Segundo de Marco, pela crença na teoria do urbanista americano Richard Florida.

No livro A Ascensão da Classe Criativa, Florida atribui a prosperidade e resistência a crises da cidade de Austin, no Texas, à criatividade.

O volume atípico de profissionais hiper criativos proporciona uma economia mais resiliente se compararmos com cidades dependentes da indústria tradicional“, explica de Marco.

Essas observações justificam a crença do autor de que a classe criativa está em ascensão.

E o Parque Una, por ser um projeto que se posiciona como o futuro da cidade, não poderia deixar de abarcar as pessoas e empresas que serão protagonistas na construção desse futuro.

A proximidade e sinergia entre essas iniciativas gera um ecossistema com networking diferenciado, beneficiando a todos. E os criativos enxergam isso de maneira muito clara.

É sempre muito legal estar rodeado de parceiros. Tem muita gente especializada em Pelotas, que atende nichos específicos e é muito bom no que faz. Então estar perto deles, poder tocar a campainha para conversar, é uma coisa muito positiva“, opina Thaís Pinheiro, da DEx01, a primeira a assinar contrato para integrar o Una Makers.

Opinião dos criativos

Para que o Una Makers pudesse se tornar realidade, além de contar com o apoio de investidores que acreditaram e viabilizaram o projeto, a Idealiza foi atrás de inquilinos.

O caminho foi retomar o relacionamento que começou com o projeto Realiza, que capacitou alunos da rede pública de Pelotas e serviu como ponte para que eles conseguissem estágios em empresas criativas e tecnológicas.

Ao conhecerem o projeto, foi difícil para os empreendedores não se animarem. “Quando estávamos procurando locais para expandir a empresa aqui em Pelotas, viemos no Parque Una e nos apaixonamos. A qualidade de vida que vamos trazer para os colaboradores é indescritível”, conta Jean Quadro, CEO da Atlas Technologies.

Para Otávio Ávila, da Nodo, a qualidade da vizinhança foi fator decisivo na escolha do local. “A gente precisava expandir para um espaço com conexão com outras empresas que falam a mesma língua. Ao conhecer o projeto, a gente viu que era exatamente isso que queríamos”, relata.

Bruno Barcellos, da Cluster, também enxerga a troca de ideias entre os empreendedores uma oportunidade incrível, mas destaca a urbanização do Parque Una como outro diferencial.

Aqui tem uma relação entre mobilidade urbana e trabalho excelente. E quando quisermos esfriar a cabeça, podemos sair para caminhar neste parque maravilhoso para que surjam boas ideias e insights de projetos“, refletiu Bruno durante o evento de entrega do Una Makers.

Continue acompanhando nosso blog para conhecer outros projetos da Idealiza. Acesse a página do Parque Una para conhecer o bairro planejado e curta a fanpage no Facebook para não perder nenhuma novidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *