Parque Una Pelotas

Una Talks 2020: superando os limites geográficos

A terceira edição do Una Talks aconteceu nos dias 20 e 21 de outubro. E ela precisava vencer um desafio: ultrapassar as barreiras físicas e chegar às pessoas, mesmo com o distanciamento social.

Queríamos falar sobre transformação. Essa mudança que todos sentimos neste ano, nas nossas relações consigo mesmos, com os outros e com a sociedade onde vivemos. Afinal, para mudar o mundo, precisamos mudar também.

Working on a web template on the laptop

A live do Una Talks

Para seguirmos o distanciamento social e cuidar da saúde de todos, a solução foi fazer uma live. Mas não uma live qualquer. Ela deveria ter significado, deveria deixar a sua marca nas pessoas. Por isso, convidamos oito palestrantes para falar sobre vários assuntos com a mesma premissa: como podemos mudar o mundo, mesmo que ele esteja sofrendo tantas transformações?

Diretamente do Parque Una, a Cissa Baini foi responsável por apresentar e mediar as conversas com os palestrantes. O Allan Dias Castro também foi o anfitrião, trazendo poesias e reflexões. As palestras foram divididas em quatro atos, com dois palestrantes em cada um:

Ato 1 – Eu & Os Outros: 

Claudinho Miranda é músico, pai e líder da banda Poesia Samba Soul. Também é presidente do Instituto Favela da Paz, que ajudou a tornar o bairro mais violento de São Paulo em um polo de arte, cultura e desenvolvimento tecnológico. 

Ana Thomaz é uma das idealizadoras da Vila XI, um ambiente criado para que pessoas diferentes vivam relações criativas e criadoras, no meio da natureza, por meio de muito convívio. 

Ato 2 – Eu & As Coisas: 

Carlos Burle é surfista, e dedicou toda a sua carreira a contribuir com a profissionalização e o desenvolvimento do esporte. Uma história cheia de luta e superação.

Flaira Ferro é cantora, compositora e dançarina. Ela conta como o autoconhecimento é essencial nas criações artísticas.

Ato 3 – Eu & Meu Eu Maior: 

Marcelo Cardoso, do Instituto Integral Brasil, acredita na evolução das pessoas que convivem em comunidades saudáveis e resilientes, e em como elas podem transformar as organizações e a sociedade.

Caio Guimarães, criador da bota para diabéticos, que ajuda a evitar as consequências da doença. Também é fundador da BeOne Technologies, uma empresa que desenvolve soluções de saúde pioneiras e de baixo custo.

Ato 4 – Eu & O Meio: 

Maurício Duarte Pereira, que trabalha na Gehl Architecs, projetando novos bairros e espaços públicos. Sua missão é desenvolver ferramentas digitais para melhorar a eficiência e a precisão do processo de planejamento para construir locais feitos para as pessoas.

Mundano, que é grafiteiro e ARTvista. É reconhecido em todo o mundo pela sua arte e luta para trazer mais visibilidade, principalmente para as vozes ignoradas nas ruas.

Working on a web template on the laptop

Impacto que segue reverberando por aí

Depois de cada ato, o público podia participar das mesas redondas, para conversar mais sobre o assunto com os palestrantes, via Zoom. Assim, conseguimos garantir a interação e manter o aprendizado se desenvolvendo nas conversas.

O Una Talks 2020 superou o público de suas edições passadas. Doze horas depois do final da primeira live, já contávamos com mais de 1500 visualizações. E os conteúdos continuam disponíveis para quem quiser acessar, em qualquer lugar do Brasil. É só acessar o canal da Idealiza no YouTube em: www.youtube.com/IdealizaUrbanismo.

O momento é de transformação. E o Una Talks foi uma oportunidade de compartilhar um pouco de esperança, aprendizado e inspiração, mesmo em um ano tão diferente. Que esse impacto continue sendo transmitido e compartilhado por aí, a apenas um clique de distância.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *